O melhor Gestor de Trafego Organico especialista em Google, Negocios Locais e Youtube

SOBRE CONSULTOR DE SEO PIONEIRO EM BELO HORIZONTE

Natural do Panamá (America Central), vivendo no Brasil atualmente e sempre focado em tecnologia da informação.

Tudo iniciou em 2007 quando conheci meu mentor Fabio Ricota, na epoca da Mestre SEO, foi pioneiro e trouxe esse segmento para o Brasil, e que cuida das maiores empresas nesse segmento,

como exemplo , Natura, Onofre, Azul  e outras.

A maior prova sobre conhecimento e autoridade no assunto, e porque

estamos na PRIMEIRA POSIÇÃO no topo do GOOGLE para o termo de altissima

competitividade SEO BH invictos desde 2007 ate o momento presente.

seobh

EDUARDO ARAUJO, tem um perfil muito visionario em relação ao mercado e aos concorrentes, estando sempre a frente LITERALMENTE.

foto Eduardo Araujo SEO
Eduardo Esquivel Consultor de SEO

IMPORTANTE:

Otimizacao de sites (ON PAGE ) e apenas o inicio de qualquer trabalho para comecar obter resultados, porem a muito tempo deixou de ser diferencial uma vez que se tornou muito comum em varios segmentos

competitivos, nao sendo um diferencial de peso, por isso nosso foco maior em estrategias OFF PAGE.

NOSSO DIFERENCIAL: 

TEMOS UMA ENORME ESTRUTURA DE PBN, COM ENORME DIFERECIAL COMPETITIVO OFF PAGE DE BACKLINKS DE QUALIDADE E SEGUROS PARA NOSSO CLIENTES, ONDE TEMOS ALTO INVESTIMENTO E EXPERTISE NESSE QUESITO, O QUE NOS DEIXA SEMPRE A FRENTE DE NOSSOS CONCORRENTES, A COMEÇAR PELOS NOSSOS PROPRIOS RESULTADOS

NA BUSCA DO GOOGLE.

ALGUMAS EMPRESAS FOCAM APENAS NO ONPAGE O QUE MUITAS VEZES NAO GERA RESULTADOS EFETIVOS, E O CLIENTE ACABA FRUSTRADO.

MUITOS DE NOSSO CONCORRENTES POR NAO TEREM CONHECIMENTO E EXPERIENCIA NA CONSTRUCAO DE BACKLINKS TENTAM APENAS FALAR QUE ESSAS ESTRATEGIAS SAO ARRISCADAS E DENOMINAM COMO BLACK HAT.

CONSTRUCAO DE BACKLINKS E IGUAL MALABARISMO COMO TOCHAS DE FOGO, PODE SER UM EXPETACULO PARA QUEM TEM DOMINIO DA SITUACAO E PODE SER UM DESASTRE PARA QUEM SE AVENTURA SEM TER CONHECIMENTO E EXPERIENCIA, ESSA E SEMPRE MINHA RESPOSTA PARA OS LEIGOS QUE JULGAM ESSE TIPO DE ESTRATEGIA DE SEO.

EDUARDO-ARAUJO-SEO

Veja como nossaa equipe  aumentou o tráfego orgânico em 330%

  • O tráfego orgânico cresceu 330%.
  • O número de palavras-chave orgânicas cresceu 125%.
  • O valor do tráfego cresceu 172%.
  • O número de conversões provenientes do nosso blog cresceu 20%.

Na Sociality.io, iniciamos iniciativas de marketing de conteúdo há quase 4 anos e publicamos mais de 120 artigos. O canal gera quase 70% de todas as conversões. Assim, vemos uma correlação positiva entre as métricas de SEO e o crescimento do negócio.

Nosso blog é importante para nós. E se você realizar uma auditoria em nosso site e blog – verá uma melhoria contínua de todas as métricas de tráfego orgânico, número de palavras-chave orgânicas, valor do tráfego, número de domínios de referência etc.

No entanto, em setembro de 2021, vimos nossa primeira queda significativa no desempenho do conteúdo desde 2018. Tudo estava caindo como se tivéssemos violado as regras do algoritmo do Google.

Paramos urgentemente de produzir novos conteúdos e tentamos testar algumas hipóteses para entender o que deu errado.

Não demoramos muito para entender que a maioria de nossos artigos explicam conteúdo sensível ao tempo. Frequentemente publicamos artigos de instruções e guias passo a passo e, como o Facebook e o Instagram frequentemente mudam suas plataformas e atualizam as interfaces, nosso conteúdo ficou desatualizado. Então, decidimos atualizar nosso conteúdo.

Com certeza, você já ouviu mil vezes o quanto é importante criar conteúdo em seu próprio site. Tudo o que você ouviu é verdade: criar conteúdo web é essencial para atrair tráfego orgânico . Uma vez que os textos de todos os desembarques do site foram otimizados em nível de SEO, é hora de começar a trabalhar com o blog. Mas por onde você deve começar? É fácil escrever um artigo de blog? O que você deve ter em mente? Nós vamos te contar tudo sobre isso!

Como escrever bons artigos de blog passo a passo

Além de escrever de forma criativa, sem erros de ortografia e pontuar bem o texto, você deve considerar todas as dicas de SEO deste artigo para colocar seu próximo post no topo dos resultados da busca.

Calendário de conteúdo

Antes de começar a escrever um artigo de blog, recomendamos que você crie um calendário de conteúdo onde estão planejados os artigos para os próximos meses. Dessa forma, você garantirá que o tema dos artigos se encaixe bem em cada estação do ano . Não se preocupe, o calendário de conteúdo não é definitivo, se uma nova ideia surgir no meio do calendário você pode incluí-la e deixar um dos conteúdos planejados para depois.

Encontrar uma palavra-chave principal

É importante que você faça uma pequena pesquisa de palavras-chave para determinar qual palavra-chave o artigo irá focar . Tente encontrar palavras-chave com um volume de pesquisa interessante e com pouca concorrência. Além disso, será mais fácil para você posicionar seu conteúdo nos mecanismos de busca.

Recomendamos que você use o planejador de palavras-chave do Google para realizar uma boa pesquisa de palavras-chave. Além disso, na Ecommerce Managers somos grandes fãs da Keyword Magic Tool da Semrush.

Encontrar palavras-chave secundárias

Além de procurar uma palavra-chave principal, também é interessante encontrar palavras-chave secundárias que aparecem ao longo do texto . Este tipo de palavras geralmente são sinônimos da palavra-chave principal ou outras formas de mencionar a palavra-chave. Isso nem sempre é o caso, às vezes um artigo pode conter palavras-chave relacionadas que ajudarão a melhorar o posicionamento do artigo em pesquisas relacionadas.

Defina a estrutura do artigo

Uma vez que você esteja claro sobre a palavra-chave principal e as palavras-chave secundárias, você pode determinar a estrutura do artigo do blog. Para isso, faça um esboço dos tópicos a serem abordados e os subtópicos de cada um deles. O artigo conterá um título principal (identificado como <h1>), várias legendas (identificadas como <h2>) e possíveis seções dentro de cada subtítulo (indicado como <h3>).

Ilustre o artigo com imagens

Além da criatividade e originalidade que você pode trazer ao texto, o artigo deve ser atraente aos olhos do leitor. Portanto, recomendamos adicionar uma ou mais imagens para ilustrar o texto. Lembre-se que as imagens não devem ser muito pesadas (em termos de kb) e que você deve incluir a palavra-chave main no atributo alt de cada imagem.

Frases em negrito

Por fim, para facilitar o texto ao leitor, é aconselhável destacar os termos e frases mais importantes em negrito . Isso tornará mais fácil para os leitores que desejam ler na diagonal.

Conteúdo original

Claro, você pode se inspirar em outros blogs, mídias ou mídias físicas, mas seu artigo não pode ser plágio . O conteúdo deve ser totalmente original e agregar valor ao leitor.

Você achou que escrever um artigo de blog era mais fácil? Não consideramos uma tarefa complicada, mas, se você deseja que seu artigo alcance seu público-alvo, é importante seguir essas dicas de redação de blog.

Você precisa escrever um artigo de blog? Quer ter um bom planejamento de conteúdo para os próximos meses? Não hesite em contactar-nos ! Teremos o maior prazer em ajudá-lo a criar conteúdo para o seu blog.

 

Minhas Dicas de SEO para iniciantes:

1. Entenda como funciona o algoritmo de classificação do Google

Antes de entrar nos detalhes do que fazer, é importante entender por que precisamos fazê-lo.

O Google atualiza seu algoritmo de busca diariamente. Além dessas atualizações regulares, também sabemos como o algoritmo do Google funciona analisando as principais atualizações. Exemplos recentes incluem a atualização que favoreceu sites compatíveis com dispositivos móveis em detrimento daqueles que não o eram.

Assim, precisamos sempre entender o que o Google prefere ver e, no mínimo, garantir que estamos entregando cada uma das principais atualizações. Aqui está uma lista útil e concisa onde você pode acompanhar todas essas atualizações. Otimizar consistentemente sua estratégia de SEO para aderir a essas atualizações garantirá que seu volume de pesquisa permaneça consistente.

Para ver como o algoritmo muda, você deve verificar consistentemente suas métricas no Google Analytics. Notou uma grande mudança? Pode ter algo a ver com uma atualização do Google, por isso é essencial manter-se atualizado.

A atualização mais recente do Google é chamada de atualização de atualização de experiência de página, que traz esses Core Web Vitals à tona:

Leia mais sobre a Atualização da experiência da página e o que ela significa para os varejistas online aqui .


2. Crie uma estratégia de backlinks

Backlinks são links que direcionam para seu site de outros sites. Eles são a confirmação de que seu site é uma autoridade em algo e que vale a pena olhar.

Geralmente, quanto mais backlinks você tiver para suas páginas, melhor. No entanto, a qualidade desses backlinks também é muito importante. Se os sites do tipo spam estiverem vinculando de volta ao seu site, isso pode afetar negativamente seus rankings. Por outro lado, backlinks de alta qualidade de sites autorizados podem realmente melhorar a pontuação do seu site.

Um bom alvo para definir para si mesmo ao criar uma meta de backlink é usar uma ferramenta como o Ahrefs para determinar a “Autoridade de Domínio” de um de seus principais concorrentes (ou você pode usar essa ótima ferramenta , que é gratuita! 😉). Se a sua classificação estiver próxima da deles, você poderá competir. Caso contrário, há várias táticas diferentes para melhorar sua classificação de autoridade de domínio, muitas das quais são detalhadas neste guia.

Há muitas maneiras de verificar a Autoridade de Domínio (DA) do seu site. Você também pode usar o Link Explorer da Moz para o MozBar para adicionar ao seu navegador. Você pode verificar sua Autoridade de Domínio gratuitamente aqui . Ao fazer isso, você obterá algo parecido com isto:

Como você pode ver, a quantidade de domínios vinculados e o número de palavras-chave classificadas são fundamentais para obter uma pontuação alta.

Obter backlinks geralmente significa entrar em contato com sites e publicações e oferecer a eles uma troca mútua de links. Se isso parece muito trabalho, focar na criação de conteúdo relevante e original fará com que você ganhe backlinks de qualidade em pouco tempo. Aqui está um guia para criar esse conteúdo completo que lhe dará bons backlinks.

A construção de links é uma pedra angular do marketing digital moderno e é como você constrói confiança e autoridade para o seu site. Fazer com que os escritores escrevam sobre seu produto ou serviço e colocá-los em sites com uma classificação de domínio alta é uma estratégia muito eficaz.


3. Crie conteúdo de site exclusivo e original

O Google penaliza sites que não aderem ao que consideram ser um site oficial. Uma das penalidades mais comuns que os sites sofrem é ter conteúdo duplicado em seu site – o que geralmente indica um site com spam. Se o Google detectar conteúdo duplicado no domínio, ele direcionará menos tráfego para lá.

É por isso que é essencial criar conteúdo exclusivo com cada página da web ou postagem de blog que você criar. Cada página do seu site deve apresentar conteúdo de qualidade que tenha algo único a dizer. Ter conteúdo original em cada página lhe dará uma alta taxa de cliques em geral.

Aqui está uma regra simples a ser considerada ao elaborar o conteúdo do site: Cada página deve ter algo novo e original a dizer. Se não fizer isso, corte-o, pois pode estar fazendo mais mal do que bem.

Se você é um varejista on-line, ter um blog pode ser um ótimo lugar para começar a escrever conteúdo extenso que não interfira com suas páginas de produtos ou categorias.


4. Tenha um site compatível com dispositivos móveis

Como mencionamos no primeiro ponto, uma das principais atualizações do Google foi em torno da otimização móvel. Se o seu site não for responsivo ou utilizável em dispositivos móveis, você corre o risco de perder tráfego devido a uma classificação mais baixa.

O celular agora responde por aproximadamente metade de todo o tráfego global da web, então a atualização do Google para celular faz sentido de qualquer ângulo. Os usuários querem uma experiência perfeita ao navegar em seu site em um desktop ou dispositivo, então você precisa entregar isso.

Se o seu site não for compatível com dispositivos móveis, você pode estar prejudicando sua empresa de duas maneiras principais:

  1. Deixar de atender pelo menos metade de seus clientes existentes.
  2. Obtendo menos tráfego orgânico de pesquisas do Google para computadores e dispositivos móveis.

Então, resumindo: ter um site responsivo para dispositivos móveis é absolutamente essencial.

Use o teste de compatibilidade com dispositivos móveis do Google para ver se o seu site está atualizado.

Observação: se você não estiver vendo esta mensagem ao usar o teste de celular do Google, seu site precisa de alguns ajustes.


5. Crie uma lista de palavras-chave relevantes

Seu objetivo ao fazer otimizações para SEO é ter uma classificação alta para palavras-chave de destino que provavelmente levarão a vendas. Em primeiro lugar, você precisará fazer uma lista de todas as palavras-chave ou frases-chave que indicariam que um cliente deseja comprar seus produtos.

Em segundo lugar, você deve verificar que tipo de números de tráfego cada um desses termos traz com ferramentas como SEMrush, Ahrefs ou Planejador de palavras-chave do Google . Você pode obter bons resultados concentrando-se em palavras-chave que têm um alto volume de pesquisas, mas pouca concorrência. É aqui que você pode encontrar seu nicho e começar a gerar mais tráfego.

Essa lista de palavras-chave deve formar a espinha dorsal de sua estratégia de criação de conteúdo. Sempre consulte esta lista e certifique-se de incluir as melhores palavras-chave em seus títulos, URLs, corpo de texto, etc.

Você também deve incluir palavras-chave de cauda longa em sua lista. Essas são frases-chave muito mais específicas do que suas palavras-chave mais gerais, mas também precisam de sua atenção, pois podem resultar em taxas de conversão muito mais altas. A intenção do comprador geralmente está presente quando as pesquisas ficam mais detalhadas.


6. Escreva conteúdo em torno dessas palavras-chave

Agora que você tem sua lista, você precisa começar a usá-la. Ao usar suas palavras-chave em páginas da web ou posts, é importante escrever naturalmente. O preenchimento de palavras -chave é penalizado pelo Google e pode afetar a classificação do seu site, portanto, evite-o.

Em vez disso, tente usar suas palavras-chave naturalmente. Leia em voz alta e se soar como se a palavra estivesse sendo encaixada, provavelmente está. Procure sinônimos da palavra-chave ou palavras mais abaixo na lista que farão sentido em seu lugar.

O conteúdo construído com essas palavras-chave fortemente é como você otimiza seu SEO na página e como suas páginas começam a ser classificadas.


7. Crie meta descrições que aumentem os cliques

Pense na meta descrição como uma prévia do que sua página contém. Se a visualização não for atraente, os clientes não clicarão em seu site nas páginas de resultados.

Sua meta descrição é onde um usuário decide clicar ou não, então escrever uma visualização atraente aumentará seus cliques. Coloque suas palavras-chave mais procuradas na meta descrição para obter os melhores resultados.

Lembre-se de que as palavras-chave na meta descrição que se alinham com a consulta do pesquisador serão destacadas em negrito.

No exemplo acima, procurei por “camisetas verdes” e você pode ver que está destacado nas meta descrições nos resultados da pesquisa. Esse tipo de otimização significa mais cliques e mais vendas.

Há muito mais sobre como definir a meta descrição em nosso Guia Completo de SEO para E-commerce .


8. Crie um conteúdo de base mais longo

Em vez de ter várias páginas curtas ou postagens que dizem aproximadamente a mesma coisa, o valor real está em ter partes mais longas de conteúdo que serão compartilhadas ou vinculadas. Isso é chamado de conteúdo fundamental e é algo que o Google adora .

Escrever conteúdo de tamanho suficiente deve ser uma parte fundamental da sua estratégia de conteúdo. Se você está lutando por recursos para realmente escrever conteúdo, vale a pena considerar as postagens de convidados de clientes, defensores da marca ou escritores freelance.

Se você está no espaço B2B, os estudos de caso são ótimas e longas formas de marketing de conteúdo.


9. Comece um blog e escreva de forma consistente

O blog é vital para o sucesso online e trará tráfego novo e relevante. Sites com blogs têm 97% mais links indexados.

Links indexados significam que sua empresa pode ser rastreada com mais eficiência pelo Google e começará a mostrar seu site mais nas páginas de resultados de pesquisa relevantes. O blog é uma estratégia de longo prazo, pois começará a gerar mais tráfego para seu site ao longo do tempo. Mas, como acontece com qualquer uma das táticas, quanto mais cedo você começar, melhor.

Os blogs podem ser uma maneira realmente eficaz de se comunicar mais com sua base de clientes. Guias de compras sazonais, seleções de funcionários ou vitrines de produtos são exemplos particularmente eficazes sobre os quais uma empresa de comércio eletrônico pode escrever.

Ter novos blogs para compartilhar também fornecerá conteúdo que você pode promover por meio de seus canais de mídia social ou em suas campanhas de e-mail.

Lembre-se, cada postagem do blog deve seguir os pontos anteriores de ser original, de qualidade e de tamanho suficiente.


10. Certifique-se de que seu conteúdo seja legível

O conteúdo precisa ser legível se você quiser que as pessoas permaneçam na sua página. Você não quer escrever artigos acadêmicos para manter os leitores engajados, pois a maioria das pessoas não quer ler esse estilo de conteúdo.

Use os princípios do design limpo e simples em sua escrita também. Concentre-se em alta legibilidade e alterne entre frases curtas, médias e longas. O modelo de email da Amazon vazou recentemente e seu conteúdo é um ótimo recurso para escrever qualquer tipo de conteúdo online .

Aqui estão algumas outras dicas rápidas sobre como formatar seu conteúdo com legibilidade:

  • Usar pontos de bala
  • Incluir títulos e subtítulos
  • Variar o comprimento da frase (com favor para curto)
  • Use palavras simples
  • Use uma voz ativa em vez de uma voz passiva

11. Proteja seu site com HTTPS

Ter um site seguro é essencial hoje em dia e tem sido um fator no ranking do Google desde 2014 . Se você não tiver HTTPS em seu URL, seu site não é seguro e, portanto, receberá menos tráfego de pesquisa do Google.

Os certificados SSL garantem que seu site permaneça seguro e tranquiliza os clientes de que seu site é seguro para fornecer informações como informações de cartão de crédito. Se você não possui um certificado SSL e deseja que o HTTPS apareça antes do URL da sua loja, entre em contato em breve!


12. Otimize os títulos e URLs de suas páginas

Com sua pesquisa de palavras-chave anterior em mãos, agora você pode otimizar adequadamente os títulos e URLs de suas páginas. É uma boa prática garantir que o título da página e o URL contenham a palavra-chave que trará mais tráfego.

O título e a URL são os primeiros lugares que o Google procurará para entender sobre o que é sua página. Se eles virem essa palavra-chave, ótimo. Você está prestes a receber algum tráfego relevante.

Seja específico para seu público-alvo e não seja genérico com algo como “produto” em seu título/URL, pois isso pode significar qualquer tipo de produto.


13. Use links externos (e certifique-se de que funcionem)

Ao criar conteúdo, é importante usar fontes e referências sempre que possível. Você pode pensar que direcionar o tráfego para fora do seu site é algo que você definitivamente não quer fazer, certo?

Mas o uso de links externos em seu conteúdo envia um sinal ao Google de que você é um site confiável associado a outras fontes confiáveis. Assim, cria uma rede de sites interconectados que o Google recompensa por fazer referência uns aos outros.

Pense nisso como um artigo acadêmico onde se torna mais popular de acordo com o número de outros artigos que fazem referência a ele. Comece a se referir a outros sites que você gosta ou aos quais está associado, e seus rankings orgânicos verão os benefícios.

Sempre verifique e verifique novamente se os links aos quais você está vinculando ainda funcionam. O Google não gosta de links quebrados e você pode ser penalizado por vincular continuamente a links quebrados.


14. Lembre-se de definir suas tags alt

As tags ALT são definidas para especificar texto alternativo a ser exibido em vez de imagens onde as imagens não podem ser renderizadas – isso é útil para pessoas com deficiência visual que usam um leitor de tela para visualizar sites.

As tags ALT são outro local onde o Google lê o conteúdo da sua página para determinar as classificações, portanto, colocar suas palavras-chave em suas tags também pode resultar em classificações melhores. Tudo em seu site é rastreado pelo Google para determinar a relevância de seu site – as tags ALT são apenas mais um local para tornar seu site mais visível.


Conclusão

A classificação orgânica de palavras-chave, principalmente para sites de comércio eletrônico, pode fazer uma diferença real para o seu negócio em termos de tráfego e vendas. No entanto, também está em constante mudança e precisa de atenção regular.

Tudo começa com a criação de conteúdo original e útil que apresenta as palavras-chave para as quais você deseja classificar. Combinar um site de comércio eletrônico eficaz com um blog atualizado regularmente pode ser uma combinação muito eficaz para ter sua parte no tráfego e nas vendas.

Para os varejistas WebSell, oferecemos um serviço de otimizão de SEO para garantir que você receba todo o tráfego orgânico de que precisa. Contacte-nos para marcar a sua consulta inicial de SEO GRATUITA.

RSS
Follow by Email
WhatsApp chat